©

Sua adoção foi por sorte: sua dona estava na UIPA para pedir orientação sobre castração para sua cachorrinha e alguém achou que ela deveria conhecê-lo. Foi amor á primeira vista. Seus outros 5 irmãos eram altos, ele foi o único que nasceu “anão” e não movia as patas traseiras. Hoje ele já sobre e desce escadas, pula, corre e é o líder da casa. Pega sua bolinha e não a solta nem para latir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *