693b3cdcecb9f473d79c760cf42632fc

Outro dia me disseram que dois terços da população mundial têm intolerância a lactose.

Achei exagero e fui pesquisar.

Encontrei diversas informações sobre o assunto e números que variavam entre 40% e 90% em alguns países asiáticos. Noventa por cento!

O título de uma matéria do G1, por exemplo, é o seguinte: ‘Intolerância à lactose atinge até 70% dos adultos brasileiros’ Setenta por cento!

Ou seja… Dois terços da população mundial é pouco.

Tem muito mais gente no mundo intolerante à lactose do que pessoas que bebem leite numa boa.

E daí eu pergunto:

Você não acha que esse fato isolado já deveria ser suficiente para nos alertar de que algo está errado?

De que talvez não tenhamos sido feitos para consumir leite de outros mamíferos?

Cada vez mais evidências sugerem que o leite não é tão saudável como acreditávamos.

Passou da hora da gente acordar.

Não dá mais pra ficarmos sendo enganados pela indústria da doença e da crueldade.

Eles só querem dinheiro. Foda-se a nossa saúde. Fodam-se os animais. Foda-se o planeta.

Alguns motivos para evitar o leite de vaca:

1) Leite não garante ossos saudáveis, nem evita fraturas e osteoporose. Países como os da África e da Ásia que não consomem grandes quantidades de leite têm as taxas mais baixas de osteoporose.

2) Pessoas com diferentes tipos de queixas notam uma melhora significativa quando evitam laticínios. Problemas de saúde associados à intolerância ao leite incluem a síndrome do intestino irritável, alergias, problemas de sinusite, enxaqueca e infecções do ouvido.

3) O consumo de leite bovino tem sido associado à diabetes tipo 1, especialmente quando a exposição ao alimento se dá nos primeiros meses de vida.

4) Diversos estudos estabeleceram uma correlação muito forte entre o consumo do leite e a prevalência de esclerose múltipla e Parkinson.

5) Laticínios podem aumentar o risco de câncer. Estudos epidemiológicos e experimentais associam o consumo com alguns tipos de cânceres de ovário, testículos e próstata.

6) Derivados de leite podem estar ligados a doenças cardíacas. Países como o Japão que têm baixo consumo de proteína de leite têm um nível muito baixo de doenças cardíacas e câncer.

Quer cálcio? Toma!
– Feijões de todos os tipos inclusive soja, ervilha, lentilha e grão de bico.
– Verduras como alface, almeirão, agrião, brócolis, chicória, couve, rúcula, etc.
– Castanhas, gergelim e ameixas secas.
– Tofú

Última dica: Tome banhos de sol saudáveis para garantir a abundância de vitamina D. Faça isso de verdade, tá? Vai por mim.

Não há livre escolha sem consciência.

Reflita sobre suas escolhas pessoais. Seja sincero consigo mesmo.

Informe-se sobre as consequências do consumo de leite, carne e derivados para sua saúde, para o planeta e para os animais.

É preciso coragem para mudar. Mas vale muito a pena.

Elimine a crueldade do seu dia a dia.

Dê o primeiro passo. Um dia por semana pode fazer um mundo de diferença.

#AHIMSA #GoVegan #VireVegano #TodoDiaSemCarne #WeekdayVeg #SegundaSemCarne #LunesSinCarne #LundiSansViande #MeatFreeMonday #MeatlessMonday #Vegetariano #Vegan#Desafio21DiasSemCarne #Veganuary

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog

Últimas postagens

Newsletter

Newsletter

Assine nossa newsletter e receba notícias e informativos